Screenshot_26
Galaxy J5 Pro vs Galaxy J7 Pro: comparativo detalha especificações
7 de dezembro de 2017
Screenshot_50
TÁ PERTO: A WAY OUT GANHA DATA DE LANÇAMENTO
8 de dezembro de 2017

Motorola Moto G5 Plus vs Moto G5S Plus | Comparativo do TudoCelular

Screenshot_42

A Motorola surpreendeu muita gente ao lançar quatro modelos para sua linha Moto G em 2017, sendo Moto G5 Plus e Moto G5S Plus os mais potentes deles, ambos contando com especificações técnicas similares mas mudanças pontuais muito importantes que podem fazer toda a diferença para quem pretende manter o aparelho por alguns anos.

Apresentado em solo brasileiro ainda no início de março, o Moto G5 Plus teve seu preço de lançamento fixado em R$ 1.499, sendo este exatamente o mesmo valor cobrado pelo Moto G5S Plus em sua chegada ao nosso país nos últimos dias de agosto.

Mas e aí, será que o Moto G5S Plus é realmente tão superior ao Moto G5 Plus para valer o investimento de R$ 200 a mais cobrados atualmente em média por ele? Ou vale economizar um pouco e pegar o modelo mais barato? Continua descendo para descobrir!

Design e Construção

Screenshot_34

Começando pelo design, temos Moto G5 Plus com corpo que mescla elementos em metal e plástico, enquanto o Moto G5S Plus é feito em peça única de alumínio, passando uma sensação muito mais premium tanto ao olhar quanto ao segurar o aparelho.

No mais, ambos possuem vários pontos em comum, sendo bastante ergonômicos por contarem com um corpo mais arredondado nas laterais e podendo ser utilizados sem muito malabarismo com apenas uma mão. Como o Moto G5 Plus é menor, porém, fica o adendo para quem tem mãos muito pequenas.

Em dimensões, temos 150,2 mm de altura por 74 mm de largura e 7,7 mm de espessura no Moto G5 Plus, tudo em um corpo de 155 gramas. Já no Moto G5S Plus temos 153,5 mm de altura por 76,1 mm de largura e 8 mm de espessura, com peso de 170 gramas. Ou seja, o modelo mais recente é maior, mais largo, mais espesso e mais pesado que a versão lançada no começo do ano, mas não chegando a incomodar ao ser utilizado ou colocado no bolso.

Na lateral direita dos aparelhos ficam os botões de volume e energia, enquanto do lado esquerdo temos no Moto G5S Plus a gaveta híbrida e no Moto G5 Plus absolutamente nada. Na parte de baixo ficam a porta microUSB e o microfone principal para chamadas em ambos, sendo vista ainda a porta P2 para fones de ouvido no Moto G5 Plus e a saída de som para multimídia no Moto G5S Plus.

Por fim, na lateral superior, temos a porta P2 no Moto G5S Plus, e a gaveta para dois chips nanoSIM e um cartão microSD no Moto G5 Plus, então se você precisa usar dois chips SIM e pretende expandir o armazenamento, já temos aqui o vencedor do comparativo para você.

Screenshot_35

Na parte traseira, temos ambos com a câmera (ou câmeras, no caso do Moto G5S Plus) centralizada junto aos LEDs para flash, com o logo da Motorola logo abaixo e um segundo microfone para cancelamento de ruído pouco acima. Já no painel frontal, acima da tela ficam a câmera de selfies e sensores, além do alto-falante que no caso do Moto G5 Plus serve tanto para chamadas quanto para multimídia e do flash LED no Moto G5S Plus.

Abaixo da tela fica apenas o leitor de impressões digitais multifunção em ambos, que pode ser usado para substituir a barra de navegação do Android, aumentando assim a área útil para exibição de conteúdo na tela.

Com tudo isso, podemos dizer que em design por si só o Moto G5S Plus sai na frente, mas se você quer um aparelho mais compacto e fácil de usar com apenas uma mão, daí a escolha mais acertada fica para o Moto G5 Plus.

Falando sobre biometria, ambos contam com leitor de impressões digitais frontal, sendo uma ótima posição para quem costuma usar o aparelho em cima da mesa. Em nossos testes, não foi possível notar diferença no tempo de desbloqueio ou até mesmo na precisão dos leitores de Moto G5 Plus e Moto G5S Plus, sendo ambos bastante rápidos e funcionando bem na maioria dos casos.

Tela e Som

Screenshot_36

Com relação às telas, temos ambos com painel IPS LCD de resolução Full HD (1080 x 1920 pixels), mas o Moto G5 Plus possui diagonal de 5,2 polegadas enquanto o Moto G5S Plus tem 5,5 polegadas. Ou seja, o modelo menor tem uma densidade maior de pixels por polegada, com 424 ppi contra 401 ppi.

Ainda que ambos contem com a mesma tecnologia, porém, tivemos resultados superiores no Moto G5S Plus em nossos testes, sendo entregues cores bem mais balanceadas de uma forma geral e uma exibição mais confortável em praticamente todos os cenários, indo deste ambientes externos e ensolarados até locais internos totalmente escuros.

Em números, tivemos o Moto G5 Plus com brilho entre 6 e 520 lux com uma imagem branca sendo exibida, enquanto no Moto G5S Plus os valores ficaram entre 5 e 496 lux. Com imagem preta, o Moto G5 Plus apresenta 4 lux no brilho máximo e 0 no mínimo, enquanto no Moto Z2 Play temos valor nulo em ambos os casos, já que ele desliga completamente os pixels pretos.

Falando sobre o áudio, temos no Moto G5 Plus um alto-falante frontal, sendo o mesmo para chamadas e multimídia. Já no Moto G5S Plus isto mudou, sendo passada a saída de som para a parte inferior do dispositivo, o que certamente reduz a imersão e ainda permite que ela seja bloqueada muito mais facilmente ao segurar o aparelho na horizontal.

Ainda assim, ao menos a qualidade do alto-falante utilizado parece ser superior no Moto G5S Plus, conseguindo entregar não apenas um som mais alto como também mais limpo que no Moto G5 Plus, o que significa que você terá que escolher entre uma maior qualidade ou um posicionamento mais bacana para a saída de som. Vacilo isso, Motorola.

Hardware e Desempenho

Screenshot_37

Passando para as especificações técnicas, ambos contam com conjuntos bem parecidos. No Moto G5 Plus temos o chipset Snapdragon 625, GPU Adreno 506 2 GB de RAM e 32GB de espaço para o armazenamento, expansível via microSD. Já no Moto G5S Plus temos o chipset Snapdragon 625, GPU Adreno 506, 3 GB de RAM e 32 GB de espaço para o armazenamento interno, também expansível via microSD.

Em nosso teste prático, foi possível perceber que na primeira passagem de apps a diferença de desempenho é praticamente nula, com o Moto G5 Plus abrindo alguns deles mais rápido enquanto o Moto G5S Plus abriu outros, e sempre com uma vantagem pequena para o vencedor. Isto demonstra que no dia a dia, ao menos na primeira abertura dos apps, você não verá vantagem para um ou para outro, sendo encontrado basicamente o mesmo desempenho.

Quando passamos para a segunda volta, porém, vimos uma vantagem clara do Moto G5S Plus, demonstrando que seus 1 GB de RAM a mais fazem toda a diferença no multitasking. Por aqui, o Moto G5 Plus precisou recarregar a esmagadora maioria dos aplicativos, já o Moto G5S Plus precisou recarregar apenas um ou outro, conseguindo manter até mesmo os jogos em segundo plano sem grandes problemas.

Por contarem com conjunto de especificações parecido, o desempenho em jogos também não foge muito do que vimos até aqui, sendo vista uma pequena vantagem para o Moto G5S Plus por ser disponibilizada uma quantia maior de RAM.

Dentre os resultados apresentados, temos:

  • AnTuTu: 63.065 (Moto G5 Plus) e 63.649 (Moto G5S Plus)
  • GeekBench: 840/4.192 (Moto G5 Plus) e 847/4.270 (Moto G5S Plus)
  • Asphalt 8: 30 FPS (Moto G5 Plus) e 30 FPS (Moto G5S Plus)
  • Modern Combat 5: 29 FPS (Moto G5 Plus) e 32 FPS (Moto G5S Plus)
  • Subway Surfers: 59 FPS (Moto G5 Plus) e 60 FPS (Moto G5S Plus)

Com tudo isso, podemos dizer que para usuários mais básicos provavelmente não será encontrada uma diferença marcante no desempenho entre ambos, mas se você pretende manter o aparelho por alguns anos é melhor investir um pouco mais e pegar o Moto G5S Plus, pois certamente a quantidade menor de RAM do Moto G5 Plus fará cada vez mais falta com o passar do tempo e a chegada de aplicações mais pesadas.

Câmera

Screenshot_38

Falando sobre as câmeras, no Moto G5 Plus temos uma câmera principal de 12 megapixels com abertura f/1.7, sendo seu sensor frontal de 5 megapixels com abertura f/2.2. Já no Moto G5S Plus temos duas câmeras traseiras de 13 megapixels com abertura f/2.0, sendo um sensor tradicional e outro monocromático, ficando na parte frontal uma câmera de 8 megapixels com abertura f/2.0 e flash LED único.

No app de câmera, ambos contam com o gesto de girar o pulso para abrir a câmera, o que facilita bastante se você estiver com o aparelho bloqueado e precisar tirar uma foto urgente. Na interface, porém, temos algumas mudanças pontuais no aplicativo do Moto G5S Plus, como a nova organização de alguns atalhos para tornar a navegação mais intuitiva e a chegada do novo modo de profundidade, o qual comentaremos mais pra frente.

No geral, porém, ambos são bem parecidos, sendo bastante limpos e contando apenas com o básico para que o usuário consiga tirar suas fotos no modo automático e fazer uma ou outra configuração mais profunda caso desejado

Motorola Moto G5 Plus

Screenshot_39

Motorola Moto G5S Plus

Screenshot_40

Sobre as fotos capturadas, tivemos uma ligeira vantagem do Moto G5 Plus tanto em ambientes diurnos quanto noturnos, sendo notada uma diferença maior principalmente na precisão e velocidade do foco, o que demonstra que o modelo mais antigo pode ser uma opção mais bacana para quem pretende registrar cenas mais dinâmicas.

Ainda assim, o Moto G5S Plus pareceu entregar cores mais equilibradas em alguns casos, e uma tendência menor e estourar as cenas com muita luz, algo que acontece com mais facilidade do que gostaríamos no Moto G5 Plus.

Nos modos especiais de uso do Moto G5S Plus, porém, tivemos a maior decepção desse aparelho, sendo extremamente difícil tirar boas fotos com o modo de profundidade, e ainda mais difícil conseguir fazer uma montagem bacana no editor de profundidade, seja para a coloração seletiva ou as outras opções disponíveis.

Nas selfies, tivemos resultados um pouco melhores no Moto G5S Plus em termos de reprodução de cores, porém curiosamente o Moto G5 Plus parece entregar mais detalhes mesmo contando com uma resolução menor. Em ambiente escuro, por outro lado, o LED para flash faz toda a diferença a favor do modelo mais novo.

Passando para os vídeos, temos cores um pouco mais quentes no Moto G5 Plus, mas ainda assim o modelo mais antigo entrega uma qualidade maior no geral, deixando a cena mais estável e fluida, além de lidar melhor com as mudanças da exposição.

No teste em vídeo com a câmera frontal, a vitória fica para o Moto G5S Plus na qualidade geral da gravação, mas ficando o adendo aqui que o microfone usado pela Motorola no aparelho é simplesmente ruim, então se você pretende usar o aparelho para vlogs ou algo do tipo é bom ter um bom isolamento acústico onde for gravar.

Com tudo isso, podemos dizer que o Moto G5 Plus sai ganhador quando falamos de câmeras, porém não é encontrada uma diferença tão nítida aqui, com ambos devendo agradar aos usuários menos exigentes sem grandes problemas. Vale notar, porém, que a câmera secundária do Moto G5S Plus é quase que um enfeite para seu design, sendo pouquíssimas as vezes em que ela permite um uso satisfatório.

Bateria

Screenshot_41

Na bateria, temos ambos os aparelhos com 3.000 mAh de capacidade, sendo o tempo de carregamento idêntico em ambos, já que a Motorola entrega o mesmo carregador Turbo Power na embalagem de venda dos dois.

Em termos de consumo, porém, tivemos curiosamente um tempo superior longe da tomada para o Moto G5S Plus tanto na prática quanto em reprodução de vídeos, mesmo com o aparelho possuindo tela maior e hardware mais completo.

Isto demonstra que o Android 7.1.1 Nougat está mais otimizado para gerenciamento de recursos que a edição 7.0, restando aguardarmos para ver quando ambos chegarem ao Android Oreo qual será a autonomia mantida por eles.

Sistema Operacional

Screenshot_42

Por fim, chegamos ao software. Como dito, o Moto G5S Plus vem com o Android 7.1.1 Nougat rodando de fábrica, enquanto o Moto G5 Plus continua preso no Android 7.0 Nougat. A diferença parece não ser tanta assim, mas a interface adotada pela Motorola no modelo mais recente conta com várias mudanças, indo desde os apps nativos até algumas funcionalidades dentro do app Moto.

O Moto Tela, por exemplo, não conta com filtro de luz azul no Moto G5 Plus, além de termos uma navegação mais intuitiva no Moto G5S Plus. Provavelmente muitas destas diferenças ficarão de lado com a chegada do Android 8.0 Oreo, mas por enquanto se você quer o que há de mais recente em funcionalidades da Motorola, é melhor ir de Moto G5S Plus

Conclusão

Vamos então aos pontos fortes de cada aparelho contra seu rival.

Para o Moto G5 Plus, temos um conjunto de câmeras mais bacana, uso de slots independentes para chips SIM e cartão microSD, posição melhor para a saída de som, e corpo mais compacto, facilitando assim o uso com apenas uma mão.

Já para o Moto G5S Plus, temos desempenho mais completo, tela melhor, maior autonomia de bateria, acabamento mais resistente e requintado, e interface mais atualizada, consequentemente contando com mais diferenciais para facilitar a vida do usuário.

Com tudo isso, podemos dizer que o Moto G5S Plus de fato conta com um conjunto mais completo, sendo superior em vários pontos importantes em relação ao Moto G5 Plus. Considerando que o aparelho mais recente está saindo por algo próximo de R$ 200 a mais, provavelmente é uma boa ideia partir para ele, garantindo assim um uso mais prolongado sem se preocupar com desempenho.

Se você está com a grana mais curta, porém, o Moto G5 Plus continua sendo uma ótima opção, sendo sem sombra de dúvidas um dos melhores modelos em custo-benefício na sua faixa de preço atualmente.

Fonte(s): tudocelular.com.br